O perfil do fundo e da profundidade da piscina, infelizmente, não é tido como algo prioritário quando temos um projeto de piscina. Contudo, ambos esses parâmetros determinam o uso que pretende fazer da sua piscina, mas também o seu conforto, segurança e o orçamento necessário para a sua manutenção. Fundo plano, curvado, com fosso... Existem diversas soluções em matéria de fundos de piscina. Para o seu uso pessoal, não hesite em sair da profundidade média de 1,50 m.

A sua escolhe deve, principalmente, se basear nas necessidades das pessoas e nas atividades que pretendem praticar dentro da piscina. Questione-se corretamente: trata-se de uma piscina familiar, com crianças pequenas? Ou de uma piscina individual, mais destinada à prática de desportos? Para ajudá-lo a

Os diferentes tipos de fundos de Piscinas Waterair

O mercado da piscina propõe um vasto leque de fundos e de denominações, todos com base em padrões. Entre os mais populares, temos: os fundos planos, os fundos com inclinação progressiva e os fundos com inclinações compostas. Objetivo: que cada um possa encontrar o seu nível de conforto... pois nos alegramos em passar momentos juntos!

  • Fundos adaptados ao uso familiar (natação, jogos, pessoas de tamanhos diferentes) :
    • Fundo plano 1,20 m: uma área de jogos ideal para as crianças e um verdadeiro lugar de relaxamento para os pais. Convém perfeitamente às pessoas que não sabem nadar;
    • Fundo curvado 1,20 a 1,80 m: partes pouco profundas em periferia + fundo mais profundo no meio da piscina. É um bom compromisso para as pessoas que têm medo de água, as crianças ou as pessoas de estatura mais baixa e os que gostam de mergulhar desde a borda. Seu fundo é o mais simples de limpar;
    • Mini fosso de 1,20 a 1,80 m: uma parte com pouca profundidade, dedicada aos jogos e o fosso mais profundo para os que gostam de mergulhar desde a borda.

Graças ao volume de água otimizado, esses três tipos de fundos apresentam duas outras vantagens: a água esquenta rapidamente e o orçamento necessário à limpeza e manutenção é reduzido.

  • Fundos mal ou pouco adaptados ao uso familiar:
    • Grandes profundidades 1,20 a 2,40 m: é ideal para os que gostam de mergulhar com trampolim ou plataforma de mergulho. Porém, o volume de água a filtrar e aquecer é demasiado importante e há pouco espaço de relaxamento;
    • Fundo plano 1,50 m: as pessoas de menos de 1,70m não têm pé em parte alguma da piscina. A evitar se pretende que os seus filhos desfrutem tranquilamente da piscina ou se gosta de relaxar na água depois de nadar um pouco.

Qual é o fundo ideal?

Lembre-se sempre de levar em conta a diferença entre a profundidade da piscina e a altura da água, que deve ser mais ou menos equivalente a 10 cm.

O uso - o fundo será escolhido em função das suas atividades e hábitos de uso: relaxamento, brincadeiras, mergulho, natação desportiva... Qual é a sua natureza? É mais adepto da "aqua-soneca" ou da "aqua-bike"?
Se pretende ter uma piscina familiar para nadar e relaxar, seria recomendável ter pé e, desse modo, orientar-se a um fundo plano com profundidade razoável ou com diferentes níveis. Se gosta de mergulhar, obviamente, deve privilegiar a profundidade.

Os tipos de utilizadores - quais gerações, idades, tamanhos e desejos relativamente à água e ao conforto buscado?

O conforto e a limpeza - Logicamente, quanto mais profunda for a sua piscina, mais a água será fria, pois levará mais tempo para aquecê-la... e quanto maior for a quantidade de água, mais tempo será necessário para efetuar a limpeza e manutenção, principalmente se pretende optar por uma piscina com ângulos! Porém, tais critérios não devem necessariamente ser um impedimento para si, pois hoje existem diversas soluções para facilitar a limpeza e/ou o aquecimento. Tudo irá depender, principalmente, do seu uso e preferências de nado, de temperatura...

O orçamento: consoante a complexidade da implantação do fundo e da manutenção De modo geral, quanto mais profundo e complexo for o fundo da sua piscina, mais onerosas serão as obras necessárias à sua construção. Isto é particularmente o caso quando o terreno também é complexo (por exemplo, quando é necessário extrair rochedos). Quanto mais a sua piscina for profunda, maiores serão os gastos com água e manutenção. Ademais, se pretende aquecer a sua piscina, deverá prever um orçamento adicional. O aquecimento da sua piscina é possível graças a uma bomba de calor ou uma cobertura de aquecimento: trata-se de um bom investimento, como a cobertura Solae Waterair®.

A escolha do fundo e da profundidade da sua piscina é algo crucial. Sua forma determinará o uso que pretende dedicar à sua piscina, enquanto a profundidade determinará o conforto de utilização.